Logística e tecnologia: aliados do novo comércio eletrônico

0
345
logistica-e-tecnologia-novo-comercio-eletronico

O crescimento do e-commerce no Brasil apresenta novos desafios para as empresas, principalmente na transformação digital e logística de entrega, mostrando uma nova forma de consumo e relacionamento. Nos cinco primeiros meses de 2020, o setor faturou 56,8% a mais do que o mesmo período no ano passado.

O levantamento foi realizado pelo Movimento Compre&Confie, em parceria com Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm), e também apontou o Nordeste como a região que registrou o maior aumento proporcional, 60,9%. Já o número de pedidos no Brasil cresceu 65,7%, alcançando uma marca de 105,06 milhões de solicitações.

O professor do Departamento de Ciências Administrativas da Universidade Federal de Pernambuco, José Roberto Guerra, acredita que o desafio das empresas brasileiras é transformar a mentalidade do comércio físico para o digital.

Ele cita alguns fatores que influenciam nessa transformação, como a questão financeira para investir em tecnologia da informação; as questões legais, no que se refere à venda interestadual e internacional; e a importância de fazer uma integração entre o marketing, logística e produção.

“Essa integração pode até ser vista de uma maneira isolada no dia a dia, mas não no planejamento. Seguindo preceitos do marketing, o produto tem que estar onde, como e quando o cliente quer. Essa deve ser a maior preocupação das empresas e impacta diretamente na importância do comércio eletrônico”, recomenda.

Essa é uma seleção de conteúdo da Reed Exhibitions sobre o mercado. Para continuar lendo, visite o site Folha PE com a matéria completa.

Facebook Comments

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here