Como a pandemia impulsionou a logística 4.0 e o que esperar para os próximos anos

Por Thainá Zanfolin - conteúdo publicado originalmente em NOVAREJO

Como a pandemia impulsionou a logística 4.0 e o que esperar para os próximos anos
Foto: Shutterstock

Trabalhar a chamada logística 4.0, baseada na tecnologia para tornar processos mais ágeis e eficientes, sem aumentar custos e evitando problemas no processo, se tornou uma obrigação para as empresas se manterem competitivas nos dias atuais.

O movimento é natural, pois o consumidor, que já vinha se tornando bastante exigente nos últimos anos, depois do início da pandemia passou a valorizar ainda mais os prazos e a qualidade da entrega pelas empresas. O setor precisou se movimentar rapidamente e encontrar soluções para atender a demanda crescente.

Historicamente, a tecnologia sempre impactou os processos de trabalho dentro das empresas tanto quanto o dia a dia das pessoas. Mas, hoje, o investimento em inovação é vital para as organizações.

Leia também: Tecnologia está revolucionando o setor de transporte e logística no Brasil

O que é a logística 4.0?

A logística 4.0 é a que utiliza a tecnologia nos processos de armazenamento, monitoramento, segurança, transporte, entre outros, para agilizá-los e torná-los mais eficientes, seja no seu funcionamento, seja em relação aos custos.

Entre as tecnologias que podem ser utilizadas para isso, é possível citar a inteligência artificial (IA), internet das coisas (IoT), blockchain, automação, uso de drones e muitas outras. Cada uma pode contribuir com um processo diferente dentro da logística.

Essa é uma seleção de conteúdo da empresa Reed Exhibitions sobre o mercado. Para continuar lendo sobre como a pandemia impulsionou a logística 4.0 e o que esperar para os próximos anos, visite o site Novarejo e confira a matéria completa.

Facebook Comments Box